LGPD: onde você está, onde deve chegar e do que precisará para estar preparado

A definição sobre a vigência da nova Lei de Proteção de Dados (LGPD) foi fonte de inúmeras confusões, dadas as constantes mudanças de datas em função da pandemia. Agora, o início da vigência está fixado em 3 de maio de 2021, e as sanções em caso de descumprimento serão aplicadas a partir de agosto do mesmo ano.

Contudo, muitas empresas ainda se encontram no meio do caminho – ou mesmo ainda no início – de sua jornada de adequação à nova legislação, que trará mudanças significativas na forma pela qual as organizações captarão e tratarão as informações de seus clientes, especialmente no meio digital.

Segundo dados da Associação Brasileira de Software (Abes), 58% das empresas com 20 a 90 funcionários ainda não estão próximas de se adequar à LGPD, o que mostra que ainda há muito trabalho pela frente. E não se engane: apesar de ser uma necessidade de compliance, muitas das mudanças que a LGPD trará para seu negócio, também terão reflexos na sua competitividade.

Nesta “corrida contra o tempo” da LGPD, onde está a sua empresa está atualmente – e o mais importante: ela sabe onde deve chegar? Ter estas respostas bem definidas é o que vai dizer como você deve priorizar suas tarefas de compliance e como elas irão impactar ou futuramente apoiar a sua operação.

Mapeie todos os pontos de contato/interação de sua empresa com clientes ou fornecedores, e como as regras da LGPD estão ou deverão ser aplicadas. Pense nos fluxos de vida de cada interação (captura, retenção, anonimização), nos acessos e permissões aos dados dentro dos sistemas, dos termos de serviço até o momento do descarte destas informações.

Estabelecer um controle robusto e organizado dos dados, de acordo com as necessidades da empresa e de forma transparente com os clientes e fornecedores, é a base para uma boa gestão de compliance para a LGPD. Porém, é um trabalho que vai muito além de adotar tecnologias para Segurança da Informação.

É um processo que começa pelo entendimento dos gaps da empresa em relação à privacidade, proteção e conformidade de dados, desenho de soluções e aplicação de um projeto abrangente, visando à adequação de todos os processos, departamentos e pessoas às melhores práticas para adequação à nova Lei.

O espectro é abrangente e complexo. Um trabalho para profissionais gabaritados, experientes, capazes de atender de ponta a ponta na camada de gestão, para, então, chegar às soluções mais adequadas na esfera de tecnologia.

Você precisa se adequar à LGPD? Entre em contato com a Constat, que a gente te ajuda.